Curso de Doula (Acompanhante de Parto)

0 ALUNOS

    Metodologia
    Desde os primórdios da humanidade foi se acumulando um conhecimento empírico, fruto da experiência de milhares de mulheres auxiliando outras mulheres na hora do nascimento de seus filhos. Com a hospitalização do parto nos últimos anos, as mulheres desenraizadas e isoladas, perderam esse apoio psico-social. Como parte do processo de integração dos conhecimentos tradicionais milenares acumulados pela experiência humana com os progressos científicos contemporâneos, vem surgindo, no frio cenário do parto hospitalar a figura da Doula.

    A palavra grega Doula, vem sendo utilizada a partir das pesquisas de Marshall H. Klauss e John H. Kennel no início da década de 90 para designar aquelas mulheres capacitadas para brindar apoio continuado a outras mulheres, (e aos seus companheiros e/ou outros familiares) proporcionando conforto físico, apoio emocional e suporte cognitivo antes, durante e após o nascimento de seus filhos.

    A Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde de vários países entre eles o Brasil (portaria 28 de maio de 2003) reconhecem hoje após uma década de pesquisas científicas a enorme contribuição da presença da Doula nesse momento tão significativo e de tão profundas repercussões futuras. Tem se demonstrado que o parto evolui com maior tranquilidade, rapidez e com menos dor e complicações tanto maternas como fetais. Torna-se uma experiência gratificante, fortalecedora e favorecedora da vinculação mãe-bebê. As vantagens também ocorrem para o sistema de saúde, que além de oferecer um serviço de maior qualidade, tem uma significativa redução nos custos dada a diminuição das intervenções médicas e do tempo de internação das mães e dos bebês.

    Na América do Norte, por exemplo, estima-se que existam atualmente de 10.000 a 12.000 Doulas. No Brasil, a demanda de mulheres e instituições que solicitam esse serviço, ainda que bem menor, também vem crescendo significativamente.

    Na hora do parto, a Doula é a primeira a ser chamada e a última a ir embora seja em procedimentos realizados em maternidade ou em casa. Seu principal papel é orientar a mulher em relação ao que ela pode esperar da gravidez, do parto e do pós-parto. Ela não substitui o trabalho médico e de enfermagem, nem a presença do marido.

    A Doula é uma acompanhante profissional que conhece as reações, orienta e acalma a parturiente. Com ela, a evolução do parto é melhor e a satisfação da gestante maior.

    A Doula pode atuar como: Doula particular, institucional, voluntária e comunitária.

     

    Seu nome (obrigatório)

    Curso de Interesse (obrigatório)

    Empresa

    Seu e-mail (obrigatório)

    Seu Telefone (obrigatório)

    Assunto

    Sua mensagem

    Conteúdo Programático

    - História da doula no Brasil e no mundo;
    - Os benefícios do acompanhamento do parto, em especial por doula;
    - A relação da doula e a gestante;
    - A relação da doula e a família;
    - A relação da doula com o local de nascimento e com a equipe de saúde envolvida;
    - Código de ética e normas de conduta;
    - Atribuições e limites da atuação da doula;
    - Identificando os objetivos pessoais e profissionais de tornar-se uma doula.

    Avaliações do Curso

    0

    classificação
    • 5 estrelas0
    • 4 estrelas0
    • 3 estrelas0
    • 2 estrelas0
    • 1 estrelas0

    Nenhuma avaliação foi encontrada para este curso.

    Contato

      (17) 3216.3226 | 3216.3227

      (17) 99666.3226

    Endereço

      Av. Bady Bassitt, 3980, São José do Rio Preto/SP CEP: 15.025-000

    VALIDAR CERTIFICADO EAD

    Desenvolvido por Educative
    error: Content is protected !!